Muitos poderão não lembrar-se deste anúncio de uma transportadora de móveis, mas o bordão passou a fazer parte do imaginário brasileiro – O mundo gira e a Lusitana, roda.

Pensando nisso, obviamente em virtude dessa imobilidade imposta ao mundo, achei que o melhor a fazer seria falar sobre um dos designs clássicos do século XX, a mesa Tulipa, que integra uma coleção de móveis chamada Pedestal.

coleção Pedestal, mesa Saarinen ( pé central e tampo em marmore branco ou preto) e Cadeiras Tulipas

Criada em 1956 pelo arquiteto e designer finlandês naturalizado americano Eero Saarinen (1910 -1960), as peças são chamadas de Tulipas, mas com o tempo ficaram mais conhecidas apenas pelo sobrenome do seu criador: Saarinen.

Filho de um arquiteto de renome, Eliel Saarinen, Eero mudou-se para os Estados Unidos em 1923 e despertou a atenção como designer ao vencer um concurso -“Organic Design in Home Furnishing , organizado pelo MoMA – junto com outro nome que teve uma carreira brilhante, Charles Eames, na época assistente de seu pai Eliel.

A Lusitana roda,bordão. Eero Saarinen (esquerda), Eliel Saarinen(meio) e Charles Eames(direita).

Eero Saarinen (esquerda), Eliel Saarinen(meio) e Charles Eames(direita).

 

Formas orgânicas e curvas sinuosas permearam seu trabalho sendo que a maioria de seu mobiliário foi produzido pela empresa Knoll entre os quais se destacam a cadeira e pufe Womb e a coleção Pedestal que englobava poltronas, mesas de jantar, de centro e lateral, cadeiras e um banquinho.

mesas Saarinen em tampo de marmore preto,

Foto divulgação Knoll

Cadeiras Tulipas, pé central e parecendo uma flor

Foto divulgação Knoll

A Lusitana roda e vamos no bodão para falar sobre os bancos da linha tulipa de eeron saarien

 

Essas peças, feitas com um único pé, era um desejo do designer de acabar com a “montoeira” de pés que sustentavam mesas e cadeiras. Ela possuía uma tábua de mármore guarnecida por uma camada de resina e laterais abauladas e o pé ( ou pedestal), feito de alumínio revestido de pintura especial.

Borda da mesa Saarinen em madeira preta

Foto divulgação Knoll

 

E esse ícone do design aparece ovalado, redondo, com  tábua de madeira, de resina, em tamanhos, cores e utilidades diversas. A fibra de vidro, mais adequada, passou a ser o pé definitivo dando, pela sua forma, a ideia da haste de uma flor.

Florence Knoll e Eero Saarinen.

Florence Knoll e Eero Saarinen.

 

Mesas Saarinen ovais em tamos de marmore variados

Foto divulgação Knoll

 

Mesas Saarinen ovais em tamos de marmore variados

Foto divulgação Knoll

Apesar de todo o seu talento de designer, Saarinen foi reconhecido como um arquiteto modernista tendo entre seus projetos o Aeroporto internacional Washington Dulles, o TWA Flight Center de NY e o Gateway Arch em Saint Louis, no Missouri.

Você ainda vai ter a sua Saarinen. Só não leve gato por lebre.

Nem toda Saarinen no mercado merece esse sobrenome.

Suzete Aché

suzete.ache@conexaodecor.com

 

 

Você já conhece nossas redes sociais?

Já segue a Conexão Décor?

Passa lá no nosso Instagram e Facebook e acompanhe as novidades sobre decoração, arquitetura e arte.

Conheça  também nosso Pinterest! Repleto de imagens para te inspirar.

 

 

tag: Saarinen  / Tulip

comentários