Poderia ser pior… mas não queremos imaginar esta possibilidade, certo?

Vamos pensar de trás pra frente? Você já pode sair mas está com preguiça – ou até mesmo receio – depois de tanto tempo em casa.

Tem que voltar àquele ritmo frenético, mas já pensou e repensou e não tem mais vontade.

Comprou pão e bolo em vez de aprender a fazer, e agora não dá mais tempo de colocar a mão na massa.

Lavou, ou melhor, higienizou tudo o que trouxe ou chegou da rua e já se acostumou que por um tempo – ou pra sempre – vai querer que seja assim na sua casa.

Achou fácil usar seus eletrodomésticos que nunca havia tocado e agora está com ciúmes de entregá-los limpinhos a outra pessoa.

Descobriu aqueles cantinhos que nunca haviam sido limpados e a maneira de fazer isso em um segundo, do seu (novo) jeito.

Perdeu o horror ao delivery e o desprezo por uma quentinha.

Descobriu que qualquer um lava roupa muito bem – à máquina, e que o mais chato é pendurar as peças no varal (jurou que vai comprar uma lava-e-seca, esqueceu?).

Desistiu de não deixar entrar em sua casa a água sanitária.

Conseguiu que os filhos colaborassem, ao menos um pouquinho, nas tarefas domésticas.

Entendeu finalmente que a saída indispensável para levar o cachorro a passear esconde (às vezes de nós mesmos) a necessidade inadiável de fumar um cigarrinho lá fora.

Por acaso está com saudades de pegar uma fila no banco ou ir a um supermercado cheio?

Porque agora duvido que vá mandar alguém fazer compras, depois que nos obrigaram a ter esse prazer (no momento, apesar da tensão, é uma das nossas poucas possibilidades de consumir presencialmente)?… ou você ainda não se pegou admirando um legume ou demorou mais escolhendo um shampoo na farmácia?

Bem-vindo ao admirável mundo novo da dona de casa, isso sem falar de maridos e filhos…

 

Sergio Zobaran

 

Conheça nosso Pinterest! Repleto de imagens para te inspirar.

Você já conhece nossas outras redes sociais?

Já segue o Conexão Décor?

Passa lá no nosso Instagram e Facebook e acompanhe as novidades.

tag: Sergio Zobaran

comentários