Estilo Escandinavo é marca da Cabana Reeve, na CASACOR Balneário Camboriú

Ambiente inspirado em casas de campo é assinado por Linda Martins e Cris Araújo

Com 70m² a Cabana Reeve é um convite ao bem-estar, conforto e aconchego.

Inspirada em casas de campo, com DNA escandinavo, o ambiente traz toda a sofisticação da simplicidade, onde sua atmosfera afetiva transforma o espaço num local de encontro, onde se quer estar.

Para as designers que assinam o projeto, Linda Martins e Cris Araújo, e sócias do Marau Design Studio, o estilo escandinavo, assim como materiais sustentáveis como o granilite, que desde o último Salão de Móveis de Milão se mostrou uma opção forte na decoração, tanto como material, quanto como estampa em diversas superfícies.

Entre os destaques do ambiente os breezes pivotantes, em madeira e palha, que também servem como portas para a cabana, foram desenhadas especialmente para a CASACOR e chamam a atenção de quem passa pelo local.

A cabeceira com mesmo desenho e material, assim como o painel em couro, que reveste a parede de cabeceira também foram desenhados e executados especialmente para a mostra.

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

Totalmente integrada ao tema da mostra neste ano ‘Planeta Casa’, o espaço aposta na sustentabilidade em cada detalhe.

Cris explica que a tudo foi pensado levando em conta o meio ambiente, desde a escolha por fornecedores que se preocupam com os componentes utilizados na fabricação de seus produtos, até no destino que será dado aos resíduos gerados na obra.

Entre os exemplos aplicados, a designer cita o reaproveitamento da água da chuva para a construção do espaço e o descarte consciente de resíduos.

“Mantivemos paredes e pisos sem demolir e sem gerar mais resíduos.

O piso do banheiro foi reaproveitado e revitalizado.

Um cimento queimado, que além de atual é super sustentável, já que pode ser feito durante a obra sem gerar resíduos.

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

O piso do living e cozinha é granilite pré-moldado feito de cimento e restos de pedras, mármores e granito.

Uma outra atitude sustentável foi o sofá italiano Maralunga, que foi resgatado em um antiquário e restaurado.

O sofá inclusive é um ícone do design mundial, assinado por de Vico Magistretti e fabricado pela italiana Cassina.

Como um ato de sustentabilidade, a dupla não imprimiu folders do ambiente, ao invés disso o visitante pode acessar todo o conteúdo que seria impresso, através de um QRcode.

“É a tecnologia a favor da natureza”, pontua a designer.

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

Apostando numa base neutra, aquecida pelos painéis amadeirados foram utilizados materiais como a palha, madeira e pedra para compor o ambiente, que é todo automatizado.

“Todas as luzes e abajures são dimerizáveis e controlados por aplicativo. O som, a televisão e as cortinas também podem ser acessados à distância, através do celular, assim como o sistema de segurança e câmeras”, informou a Designer Linda Martins.

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

As sócias são experientes na CASACOR e já assinaram cinco ambientes na mostra, incluindo a Cabana nesta edição.

Os projetos anteriores foram Quarto de Alice (Balneário Camboriú 2017); Suíte do casal urbano (Balneário Camboriú 2017); Cozinha Dinamarquesa (Itapema 2018) e Casa Areia (Florianópolis 2018).

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

A dupla está orgulhosa com o projeto deste ano e feliz em apresentar um ambiente convidativo e bastante elogiado pelos visitantes.

“A Cabana é uma casa completa, totalmente integrada a natureza, perfeita para um casal descansar e desconectar do dia a dia agitado, mas com toda a tecnologia para manter prática as suas funções diárias”, disse Cris Araújo.

Fotos: Dani Buzzi e Lio Simas

A CASACOR Balneário Camboriú segue até 18 de agosto, no Bairro Ariribá.

Conheça nosso Pinterest! Sempre repleto de images para te inspirar.

Você já conhece também nossas outras redes sociais?

Já segue o Conexão Décor?

Passa lá no nosso Instagram e Facebook e acompanhe as novidades.

Celina Mello Franco

Liliane Abreu

Tag: Marau Design