MODERNOS ETERNOS’ APRESENTA SUA EDIÇÃO ESPECIAL 2018 COM ELENCO DE GRANDES NOMES DA ARQUITETURA

Mostra e venda pioneira do mix&match, idealizada por Maria di Pace e Sergio Zobaran, apresenta ao público dez ambientes assinados por profissionais consagrados e debate o movimento ‘pós-luxo’ e a ressignificação do consumo nos dias atuais

 

Até o dia  2 de setembro os apreciadores de arte, decoração, arquitetura e design poderão conferir a 5ª edição paulistana da Modernos Eternos.

Mostra boutique de decoração reconhecida como a primeira 100% ambientada no país, com timing de feira de negócios, sendo evento-âncora do DW! São Paulo Design Weekend.

Idealizada pela designer de interiores Maria di Pace e pelo jornalista Sergio Zobaran, a mostra e venda também tem como objetivo proporcionar aos visitantes uma imersão na história do mobiliário, objetos e arte brasileiros e internacionais.

Além disso, a mostra reforça sua preocupação com a sustentabilidade e consciência ambiental.

“Trabalhamos com a reutilização de peças de valor eterno e utilização de materiais de montagem recicláveis, descartando qualquer geração de resíduos”, explica Zobaran.

A rigorosa seleção de peças que compõe os dez ambientes desta edição – criados por nomes fortes da arquitetura como Ana Maria Vieira Santos, Dado Castello Branco, David Bastos, Gustavo Neves, In House, Luciana Teperman, Marco Aurélio Viterbo, Murilo Lomas, Sig Bergamin e Wesley Lemos –  são colocadas à venda imediatamente para o público.

A Modernos Eternos traz em seu DNA o conceito da mistura do antigo com o novo, apresentando uma curadoria que une móveis e objetos de design atual, vintage e de antiquários, além de obras de arte.

“A cada edição buscamos reforçar a importância do consumo consciente na decoração e a valorização do mobiliário e do design”, explica Maria di Pace.

Os ambientes e seus autores:

  • Ana Maria Vieira Santos

O espaço de 45m² é uma mistura de biblioteca, escritório, canto de jogos e living e segue a tendência da cor verde, que aparece mesclada com cinza, e o uso de tons escuros proporciona um realce maior ao ambiente.

ambiente de Ana Maria Vieira Santos com paredes vermelhas para mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

 

  • Family, por Dado Castello Branco

Os 43,13m² do espaço assinado por Dado Castello Branco, chamado Family Room, traz um estilo de ambiente configurado no mix entre antigo e novo.

Inspirado em uma família paulistana, o conceito principal do ambiente é o conforto.

Entre os destaques dos produtos utilizados, o arquiteto ressalta o contraste do mobiliário italiano com o antiquariatto.

Sala com cavalo de madeira no ambiente de Dado Castello Branco para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Rômulo Fialdini

 

  • Um estar para relaxar, por David Bastos

O ambiente assinado por David Bastos tira partido do conceito da mostra, mesclando mobiliário contemporâneo com itens antigos – como o par de anjos portugueses do século XVIII.

Essa mistura resulta num espaço elegante perfeito para relaxar, com peças-chave que proporcionam aconchego e leveza.

Sala com sofas de couro assinado por David Bastos para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Rômulo Fialdini

 

  • Pátio Harae, por Deca e Gustavo Neves

O arquiteto Gustavo Neves criou para a Deca um espaço que propõe uma reflexão ao visitante.

O ambiente traz elementos como uma clareira, que traduz uma experiência sensorial, o incenso, como metáfora da capacidade de transformação do que é virtuoso, um templo, que abriga serenidade, e uma fonte, que purifica e transmite sensação de plenitude.

Ambiente de Gustavo Neves para Deca na mostra Modernos Eternos 2018 com foto de Romulo Fialdini

Foto: Rômulo Fialdini

 

  • Gabinete de Criação, por In House Designers de Interiores

As designers Andréa Bugarib e Betina Barcellos, à frente do escritório In House Designers de Interiores, desenvolveram um ambiente multifuncional, acolhedor e, ao mesmo tempo, sofisticado.

O estúdio de 26 m² conta com um layout integrado, decorado com uma mistura de móveis clássicos e peças contemporâneas e polivalentes – a exemplo da mesa de jantar, que também faz as vezes de mesa de trabalho.

ambiente com paredes verdes da In House para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

 

  • Living, por Luciana Teperman

A ideia do painel art déco foi a inspiração essencial para criação do ambiente da arquiteta Luciana Teperman.

Buscando exclusividade, sobrepusemos obras de arte, como as do modernista Krajcberg, que trouxeram mais destaque à geometrização e às cores vívidas, tão presentes no art déco.

Tecidos e texturas, misturados ao uso da madeira e do metal no mobiliário, e objetos de decoração, garantiram personalidade ao living.

ambiente de Luciana Teperman com sofa verde para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

 

  • Orbi, por Marco Aurélio Viterbo

Marco Aurélio Viterbo assina um ambiente dramático que desperta os sentidos por meio de cores, texturas e pecas inusitadas.

O espaço não procura replicar um ambiente de uma casa, mas sim experimentar novas composições e revelar possibilidades.

Queremos que os visitantes se envolvam com as peças, fazendo suas escolhas daquilo que mais os emocionam.

Paredes roxas e leque no quadro no ambiente de Marco Aurelio Viterbo

Foto: Romulo Fialdini

 

  • Murilo Lomas

O ambiente assinado pelo arquiteto Murilo Lomas foi criado para um jovem colecionador de arte, que dá valor a obras de grandes nomes, móveis assinados por importantes designers e que reconhece nesses itens a importância de colecioná-las.

Essas características permitem que este espaço tenha personalidade, indo além do que se entende por decoração.

A proposta é formar um ambiente composto de coleções, que foge do óbvio.

ambiente de murilo lomas com grafite na parede para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

 

  • Sig Bergamin

O arquiteto Sig Bergamin apresenta uma sala de um colecionador, com um olhar arrojado, que gosta tanto de mobiliário antigo quanto peças de design.

A ideia então foi criar um espaço que receba todo o acervo desse personagem, com uma mistura do antigo e do moderno, resultando em um ambiente que não transmite uma decoração, mas sim um ambiente vivido, habitado, com alma.

É um lugar que conta uma história.

ambiente de Sig Bergamin para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

  • Loft Tropical, por Wesley Lemos

O ambiente assinado pelo arquiteto, de 40m², traz uma união de estilos.

Ele imprime a brasilidade evocando tons de verde, inspirados na fauna e na flora brasileira, e nas águas do Rio São Francisco em profusão de esmeraldas.

O ponto chave é a conversa entre os materiais contemporâneos, design e sustentabilidade alinhados harmoniosamente neste ambiente cheio de bossa, que retrata o luxo tropical.

ambiente com detalhes turquesa de Wesley Lemos para a mostra Modernos Eternos 2018

Foto: Romulo Fialdini

 

Serviço:
Modernos Eternos
Studio 689 – Ugo di Pace
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 689 – Jardim Europa
De 22 de agosto a 2 de setembro
Entrada R$ 40,00 (R$ 20,00 meia entrada)
Segunda a domingo, das 13h às 20h

 

Celina Mello Franco

Liliane Abreu

 

Tag: Modernos Eternos

comentários