Começa nesta quarta-feira, dia 13 de setembro, a IDA – Feira de Design do Rio. Chegando a sua quarta edição, a feira estreia novo endereço, na Marina da Glória. O evento, que acontece até domingo 17 de setembro, reúne designers, escritórios de design e galerias que trazem as últimas tendências do segmento de design art. Todas as peças selecionadas para participar da IDA seguem o critério de serem únicas ou de série limitada.

Participam da IDA 2017:

 

Atelier Hugo França

 

Desde o final dos anos 1980, desenvolve “esculturas mobiliárias”, expressão usada primeiramente pela crítica Ethel Leon e adotada pelo designer por sua precisão em descrever a produção que ele executa a partir de resíduos florestais e urbanos – árvores condenadas naturalmente, por ação das intempéries ou pela ação do homem.

As peças criadas pelo designer nascem de um diálogo criativo com a matéria-prima: tudo começa e termina na árvore. Suas formas, buracos, rachaduras, marcas de queimada e da ação do tempo provocam sua sensibilidade e o conduzem a um desenho cuidadosamente escolhido, uma intervenção mínima, que gera peças únicas.

Poltrona Tamoio de Hugo França.

 

Miriam Loellmann

Junto com seus quatro irmãos, Miriam Loellmann cresceu em um ambiente onde a expressão criativa era um impulso comum. Desde pequena aprendeu a formar sua imaginação e visão através de suas próprias mãos e poder criativo.

Sua visão artística começou cedo, quando ela foi ao Japão com seu pai, um ceramista. Lá, ela descobriu a beleza e a importância das sensações. A criação de superfícies que estimulam as sensações tornou-se o foco principal em cada projeto, permitindo diálogos dentro dos elementos da peça e com os que entram em contato com elas. Essa interação entre componentes leva a uma experiência sensorial, ao invés de uma simplesmente estética. Miriam está constantemente procurando por linguagem inovadora entre arte, design e arquitetura, explorando sua interação em diferentes contextos.

Carioca Coffee Table, de Miriam Loellmann.

 

 

 Pedro Bronz

No meio do caminho tinha um fusca. Abandonado. O mundo está acabando, mas isso não é motivo para perdermos o charme e a elegância.

A nova coleção de MÓVEIS?, criação do artista multimídia Pedro Bronz, nasce das peças do velho Volskvagen. Fusca Lounge é um ambiente incomum, construído a partir de um fusca largado ao relento. Capôs, janelas, rodas, se transformam em cadeiras, estantes, luminárias. Cada peça é única, carregada de afeto, estrada e história.

 

IDA, Feira de Design do Rio. Coleção Fusca Lounge , Luminária Kalota.

Coleção Fusca Loung. Luminária Kalota, de Pedro Bronz.

 

 

 

 Estúdio Ronald Sasson

O Estúdio faz uma homenagem a pensadora e escritora francesa Anaïs Nin e apresenta a poltrona Nin, toda em inox maciço. Produzida pela empresa Mekal, idealiza a forma acima do contexto, a estética acima do uso.

 

Poltrona Nin.

 

 

IDA, Feira de Design do Rio. Poltrona Maas, Ronald Sasson

Poltrona Maas, Ronald Sasson.
Foto: Claudio Fonseca.

 

 

 Mobipallet

 

Das ideias do Paulo Moreira, arquiteto, urbanista e fotografo, nasceu a MOBIPALLET, em 2016 que hoje conta também com a participação do arquiteto Rodolpho Maciel.

Para a edição da IDA 2017, apresenta as mesas “Saquare Bull” fabricada com placas cimentícias e pés em feijó; o aparador “Monolito” fabricado com pedras vulcânicas de origem indonésia (Hijau), estrurado com tubulação de cobre; e a poltrona “Descartes” fabricada com pallet, tubulação industrial e corda.

Aparador Monilito, da Mobipallet.

 

 Maneco Quinderé

 

“Quando fiz o ELETRICÃO, adorei a experiência de intervir com elementos luminosos e gerar esse objeto. A partir desta intervenção, criei variações de luz sobre o cão.”

Eletricão , Maneco Quinderé.

 

 Pé Palito Móveis Vintage

 

Situada num galpão em um tradicional bairro de Belo Horizonte/MG, a galeria possui em seu acervo móveis e objetos de produção anônima e/ou assinados por grandes nomes do design nacional e internacional do século XX. O garimpo de peças originais de época é retroalimentado por uma incessante busca pelo bom desenho, conforto e criatividade característicos de cada período, o que permite a renovação constante da convivência com materiais e técnicas construtivas bastante raras nos dias atuais. Após ser garimpada, cada peça passa por um criterioso processo de revitalização e restauro que tem como resultado a ampliação de sua vida útil e o resgate de sua história, aura e beleza originais.

 

Bar Jacaranda, de Sergio Rodrigues. Na Pé Palito Moveis Vintage.

 

Lilliput Miniaturas

 

 

Na vanguarda dos lançamentos do mobiliário e cada vez mais alinhada com o design brasileiro, a Lilliput Miniaturas, empresa especializada na confecção de maquetes, apresenta um novo conceito para o mercado de miniaturas. O objetivo é viabilizar ao grande público a aquisição de peças renomadas e de séries limitadas.

Poltrona K2, Lilliput miniaturas.

E mais:

– Coletivo Jardim Secreto

– Hathi

– Flavio Franco

– Deodato

– Oitis 55

– Atelier Zanini de Zanine

– AWZ Galeria

– Artwindowz

– Joia Brasil

– Estudio Iludi e Humberto Hermeto

– Novo Ambiente

– Mameluca para Bolsa de Arte

– MEMO Gallery Miami

 

A IDA é parceira também do EARQ – Encontro de Arquitetura e Design, que vai realizar ciclo de palestras no Museu do Amanhã durante os mesmos dias da feira. Entre os palestrantes estão Arthur Casas, Ruy Ohtake, Carlos Motta, Thiago Bernardes, Miguel Pinto Guimarães e Sergio Caldas.

Pelo terceiro ano, o Joia Brasil, realizado pela Anna Clara Tenenbaum, acontecerá dentro da IDA. O evento valoriza o design na criação de joias e reúne nomes consagrados e jovens com trabalho inovador.

Também participa da feira a Editora Olhares, especializada em livros de design.

A IDA acontece no Rio de Janeiro junto com a ArtRio, fomentando um calendário artístico e cultural com importante eventos e ações ligadas à Arte.

Essa edição da IDA traz uma rica exposição das raízes brasileiras, unindo a reconhecida criatividade de nossos profissionais com a utilização de novos materiais e a valorização de conceitos de sustentabilidade. Teremos representantes de diferentes linhas, indicando como o design pode estar presente em todos os momentos de nosso cotidiano, e as múltiplas formas da união do design com o conceito e a usabilidade. Mais do que ser apreciada, as peças de design art devem ser utilizadas“, indica Brenda Valansi, sócia da IDA.

A realização da IDA é da BEX Produções, empresa também responsável pela criação e realização da ArtRio.

 

www.idario.art.br

facebook/ida.art.br

instagram.com.br/ida.art.br

Serviço IDA 2017

Data: 14 a 17 de setembro (quinta-feira a domingo)

Preview – 13 de setembro (quarta-feira)

Horários: Dias 14 e 15 – quinta e sexta-feira – 14h às 21h

Dia 16 – sábado – 14h às 21h

Dia 17 – domingo – 14h às 19h

Ingressos: R$ 40 / R$ 20

www.guicheweb.com.br/evento/6517

Bilheterias no local durante o evento

Local: Marina da Glória – Av. Infante Dom Henrique, S/N – Glória

Estacionamento no local

Metrô – Estação Glória / Passarela em frente à Rua do Russel

 

Celina Mello Franco

Liliane Abreu

 

TAG: IDA