Uma exposição de fim do curso de Design de Interiores em 2004 dedicada aos Deuses Gregos e ao Amor foi o ponto de partida para esta luminária.

exposicao1candeeirodasrosasconexaodecor

 

Poseidon – Deus Grego dos Mares possuía um esplendoroso palácio de ouro situado no fundo do Mar Egeu e percorria a superfície da água numa carruagem de ouro levada pelos mais velozes cavalos.

Com um caráter temperamental e impetuoso, Poseidon desafiava frequentemente os outros Deuses do Olimpo.

Com o seu tridente provocava tempestades, terremotos e maremotos e afundava, ou não, as embarcações consoante o seu humor.

Era também dado a numerosos amores.

 

exposicao2candeeirodasrosasconexaodecor

 

Num momento de sentimentos conturbados e antagónicos surge esta Chuva de Rosas – o amor em forma de tempestade. As rosas em tecido vieram desde o Rio de Janeiro até Lisboa e esperaram pacientemente o local e forma para se instalarem.

 

rosasvistacandeeirodasrosasconexaodecor