“Conectadas com” é um quadro do blog que procura mostrar pessoas que influenciam a maneira de se pensar em design, decoração, arquitetura. Essas influências vêm de várias maneiras, inclusive no que se refere ao lado humano – fundamental no mundo criativo.

Jairo de Sender nos recebeu em seu escritório na Barra da Tijuca:

“São 36 anos de carreira. Sou muito bem resolvido, uso a 1ª pessoa do plural o tempo inteiro, não faço nada sozinho. Nem aqui, nem na TV Globo – somos nós, equipe.”

Conversamos mais de hora, em ritmo acelerado, mas absolutamente sem pressa.

Jairo fala rápido, muito, deixando claro que ama o que faz.

Chamou nossa atenção o fato de ele ser visto inúmeras vezes diretamente com clientes fazendo compras – contato direto, corpo a corpo.

 

Quando se decidiu pela arquitetura?

 Depois que desisti de ser cirurgião plástico e veterinário – diz às gargalhadas. Inscreveu-se no vestibular em 1975 nas áreas biomédicas, até uma viagem à Europa, quando se surpreendeu ao chegar a Roma, e mudou de planos.

A gente foi visitar o Coliseo, e recebeu as informaçoes de que nenhuma das colunas era idêntica, e nenhum espaço entre elas era igual, mas a gente não conseguia ver. Foi quando ouvi que assimetria não cria harmonia. Fiquei com essa frase na cabeça, e é verdade. Eu tenho uma mesa de cabeceira na direita que não é igual à da esquerda. E convivem em harmonia perfeitamente.”

Seu primeiro projeto foi em 1978, com dois anos de arquitetura, quando fez a casa de um “primo rico” que era advogado da Panam. Como primeiro pagamento? Uma viagem ao Japão.

Apartamento em Ipanema de Jairo de Sender

Apartamento em Ipanema

 

A mim, o que me agrada? Sou muito eclético, o belo é o que me faz sentir bem. Posso entrar no George V e adorar o status de poder daquelas peças, e posso entrar no Delano e achar sensacional, porque os dois me agradam.  Mas não consigo desvencilhar de o meu olhar ser o belo que a minha cliente está  esperando. Nos meus 36 anos de carreira, o belo continua sendo o que as pessoas buscam nos seus habitats…

O belo tem mais a ver com aquilo que a gente leva pra dentro da gente…”

Apartamento em Ipanema Jairo de Sender

Apartamento em Ipanema

Nesse tempo todo atuando em arquitetura, qual maior mudança na vida das pessoas que você vê em relação ao morar?  

“A tv na sala! A gente tinha uma casa no Meyer, e o salão ficava trancado, não tinha tv! A sala era de visita! Eu me lembro das empregadas sentadas nas escadarias das casas limpando as pratas, durante a semana, e colocavam nessa sala trancada… vinha o fim de semana, e mesmo sem visita a prata escurecia! Trabalho escravo! Mas eu diria que a gente poder assumir a tv na sala foi modificando o way of life, a gente foi reavaliando.”

Falou também sobre como as pessoas estão buscando ficar cada vez mais dentro de casa: o home office, as adaptações de novos condomínios no sentido de manter o morador “seguro” e isolado do mundo, a violência…

Apartamento em Ipanema de Jairo de Sender

Apartamento em Ipanema

 Como lida com as redes sociais?  

“Acho o Instagram uma ferramenta de trabalho muito imediata, muito rápida, porque o site eu não vou alimentar o tempo inteiro.

Ontem postei o Restaurante Terral, que fiz no hotel Sheraton da Barra da Tijuca, há uns 4 ou 5 anos. Mudou muita coisa, direção no hotel, etc, mas ele tá lá! Ontem uma pessoa me ligou que disse que não sabia que eu tinha feito restaurante. Então acho que isso dá uma ótima resposta.”

 

Ao perguntarmos pelos projetos preferidos, ele já adianta:

“você tem filhos? Qual você prefere?”

Ok, então escolhe um projeto que vc adorou fazer?? 

“CasaCor 2001! Restaurante do casarão na Visconde de Albuquerque.” Com a Stweart Engenharia, foi uma obra de 250 m2, construído num espaço vazio.

Resturant du Jairo de Sender Casa Cor

Resturant du Jairo

 

Restaurant du Jairo de Sender

Restaurant du Jairo

 

Restaurant du Jairo de Sender

Restaurant du Jairo

Como  lida com projetos que são modificados pelo cliente, e muitas vezes ainda dizem que foi você quem fez?? 

“Ou as pessoas dizem que você fez o projeto, e você não fez!!” complementa. 

“Já aconteceu de eu estar com meu filho no Downtown e alguém vir me dar os parabéns por uma  clínica inaugurada no dia anterior, cuja proprietária tinha dito que fui eu que fiz! Isso acontece… ou também alguém que quer  vender um apartamento, e diz que foi o Jairo que fez o projeto. É chato.”

Casa na Jardim Pernambuco de Jairo de Sender

Casa no Jardim Pernambuco, Leblon

 

Jardim Pernambuco, Leblon de Jairo de Sender

Jardim Pernambuco, Leblon

 

Casa no Jardim Pernambuco, Leblon, Jairo de Sender

Casa no Jardim Pernambuco, Leblon

 

Jairo completou cinco anos do seu quadro “Dando um Retoque” no programa Mais Você, com Ana Maria Braga, na Rede Globo. Acaba de renovar por mais dois. O programa entra nos lares de pessoas comuns, e transforma um ambiente da casa em 48 horas. Com orçamento limitado, ele conta com muita criatividade e dedicação.

“Temos uma semana pra fazer o projeto.

Na verdade eu recebo as fichas das pessoas, com fotos dos ambientes.

A ordem é: estabelece o cômodo que vamos fazer agora. Depois, a cidade.

Então recebo um e-mail da Globo com locações pré-selecionadas pela direção – os personagens, as histórias, e o ambiente. Eu preciso saber se a reforma pode ser feita em 48 horas, se a verba que a rede Globo destina cabe naquilo ali, e a produção faz as pesquisas. Depois de uma seleção, a gente vai conhecer os locais.

Semana passada eu estava com 5 opções, e saímos pra ver 3. Chegando lá, morador não vai poder me ver e nem eu posso vê-lo.

Se alguém escreveu pro Jairo, e me vê,  a gente já fica íntimo em cinco minutos!! O Boninho não quer que ninguém me veja antes, perde aquela emoção. Vou em um carro preto, entro rápido, dou uma olhada e saio. Se for aprovado, a Globo volta 2 dias depois pra fazer o levantamento, mas diz que é mais um processo eliminatório – então a pessoa não sabe até o último momento.

E no dia dizemos que é mais uma parte processo, e eu apareço. E aí chora ele e choro eu. Tanto que a Ana Maria disse: Jairo, chora, mas chora depois do personagem..! E como temos intimidade, as vezes ela diz chega, vai…

 

Um dos episódios do quadro "Dando um retoque", no programa de Ana Maria Braga de Jairo de Sender

Um dos episódios do quadro “Dando um retoque”, no programa de Ana Maria Braga

O programa passou por uma reformulação.

 “A estrutura total do programa foi modificada. Top, top!  O diretor edita, ele vai pra obra comigo, então ele já sabe o que não precisa filmar à toa…” 

Antes filmavam 48h seguidas pra depois ir pra ilha de edição. Disse que uma vez que ultrapassou meia hora das 48, e ficou estressadérrimo.

 “Acho legal mostrar que existem problemas, e o compromisso com o Mais Você é um compromisso com a verdade. É totalmente verdadeiro.”

Segundo ele, o programa trouxe outra visão que ele adaptou pra sua vida profissional.

“Me fez ver que se meu cliente tem grana, se eu tenho um escritório com gente que faz comigo, por que que eu não posso fazer na casa do meu cliente num tempo mais rápido? Em 48h talvez seja dificil, mas por que não em uma semana? São vinte e poucas pessoas porque está trabalhando todo mundo junto.   Se vc tem um bom projeto, se vc tem um bom detalhamento, se vc tem um bom executor,  faça o gerenciamento de uma forma que isso funcione! Vai trabalhar todo mundo junto”.

Existe a experiência com CasaCor, mas no caso, são trinta dias pra executar tudo. 

“É diferente… no programa, eu vou estar exposto pra 30 milhões de pessoas!!”

 O reconhecimento é importante – elogios trocados rapidamente em um shopping e já ganhou outra cliente.

“Não podemos negar que existe uma cultura emergente, que precisa do nosso trabalho. São pessoas de muito dinheiro, que vieram de outros locais – não vieram do outro lado do túnel, da zona Sul, da Lagoa… Eles desembarcam aqui, compram o melhor empreendimento, querem e podem viver bem. Eu não me aproveito dessas pessoas, eu me sinto um agente que pode mostrar a elas o que é o belo, e o que é bom. Você pode até não comprar uma poltrona do Sérgio Rodrigues, mas vai saber que aquilo existe, e vai sentar nela…”

“Dentro do que eu faço, eu procuro manter o equilíbrio e a simpatia com todo mundo. Não dá pra ser diferente. A Lei do Retorno é a lei mais sábia que existe, e de uma forma ou de outra a gente recebe aquilo que manda. Eu gosto de gente, eu gosto de tocar!” 

e, então, nos lembramos de quando o vimos durante a ArtRio, num shopping carioca. Queríamos muito falar com ele, mas era muita gente, e ele atendendo a todos, indistintamente.

 

Apartamento Barra da Tijuca de Jairo de Sender

Apartamento Barra da Tijuca

 

Apartamento Barra da Tijuca de Jairo de Sender

Apartamento Barra da Tijuca

Como vê Arquitetura x Design de Interiores? 

“Caminham sempre junto, não consigo dissociar. Não existe corpo sem órgãos! Um corpo sem órgãos é uma estátua…!

Houve uma época em que eu participei muito desse processo.. Design de Interiores era na faculdade de Belas Artes… em 1976, 77… Sinceramente, eu poderia ter feito Design de Interiores e não ter feito Arquitetura, mas tinha um preconceito disso lá atrás…” 

 

Apartamento Barra da Tijuca por Jairo de Sender

Apartamento Barra da Tijuca

 

Pra quem tá começando, ele diz descubra se aquilo é o que você gosta, se é aquilo que você quer, se você se identifica, se tem tesão… porque nem tudo sao flores… quando você trabalha com tesão, ter que refazer não pesa.”– reflete.

Conversamos muito, e sobre tudo. Jairo lembrou até de sua origem:

“ Meu avô veio fugindo de Hitler, o mundo silenciou, e ele matou 6 milhões de judeus. As pessoas iam e não voltavam! Cadê todo mundo? É uma questão de a gente colocar pra fora o que é verdadeiro. Aconteceu. Mas se a gente puder tirar proveito das coisas que aconteceram, então, cumpriu! “

 

E nos despedimos com selfies, gargalhadas, e vontade de voltar, a qualquer hora, com todo prazer!

Marilia, Celina, Liliane e Jairo de Sender

Marilia, Celina, Liliane e Jairo

Separamos o primeiro episódio da atual temporada do “Dando um retoque”, do programa Mais Você, com Ana Maria Braga.

Veja só:

Marilia Arantes
Celina Mello Franco
Liliane Abreu
TAG: Jairo de Sender